Você já se perguntou sobre a relevância do adestramento para o seu pet e como isso influencia em sua relação com ele? Pois saiba que o relacionamento do cão com seu tutor ou família melhora bastante após ele ser adestrado. Ele aprenderá a conter seu temperamento e a obedecer – sem resistência – aos comandos que lhe forem dados. Um bom adestramento tornará as vidas do dog e seu tutor mais tranquilas.

Para filhotes, tudo é só alegria

Ao recebermos um novo filhote em nossas vidas, costumamos ficar muito empolgados e criamos expectativas para o dia a dia com ele. Tudo permanece às mil maravilhas, até que os comportamentos de um filhote comecem a se manifestar durante a rotina com a nova casa e família. Ele vai roer objetos, fazer suas necessidades dentro de casa, latir e reivindicar sua atenção sempre que possível.  

Para um cãozinho jovem quase todas as experiências são novidades, ou seja, ele irá reagir a diversos estímulos no seu cotidiano – como cheiros e sons – e em algumas situações poderá apresentar um comportamento mais travesso. Por isso, é aconselhável impor certos limites para que o cão aprenda a respeitá-los e, portanto, agir com mais calma e naturalidade em suas ações. Quão mais jovem for o cachorro, mais fácil será educá-lo.

Adestramento promove bem-estar

Esses comportamentos são normais entre os filhotes, porém a frequência e proporções nas quais acontecem podem se tornar problemas para a família, acarretando em reações negativas em relação ao pet – como mantê-lo preso, isolado, ou tratá-lo com hostilidade. E para solucionar adequadamente esse tipo de questão, surge a possibilidade do adestramento. A partir dele os comportamentos do cão podem ser moldados para que ele torne-se mais tranquilo e comportado, garantindo uma interação melhor com a família e mais bem-estar para o próprio pet.

O adestramento atua como um canal de comunicação mais eficaz entre o pet e seu tutor, harmonizando a convivência para ambos os lados. Um cão que atende aos comandos gestuais ou verbais do tutor, compreende tranquilamente o que é esperado dele em cada momento. Para estimular esse tipo de comportamento em seu pet, é recomendável que ele seja recompensado por cada ação bem executada, e não reprimido pelos mau-comportamentos,.  

Como adestrar seu cão?

Hoje em dia existem escolas e centros especializados em adestramento de animais, mas você também pode ensinar alguns comandos básicos que podem dar início ao treinamento do seu cão em casa mesmo. Alguns passos são:

  1. Sentar – Segure um petisco na frente do seu pet e faça movimentos com sua mão ao repetir a palavra “sentado”. Quando ele sentar, dê a recompensa. Repita algumas vezes até que o cão acate o compreenda o comando.
  2. Dar a pata – Ofereça uma de suas mãos ao pet, enquanto usa a outra para apontar no local em que ele deve colocar a pata. A cada tentativa bem sucedida ofereça uma recompensa.
  3. Deitar – O processo é semelhante ao de sentar; você deve abaixar a mão com o petisco até que o cão deite para recebê-lo. Recompense-o somente no fim da ação.
  4. Quieto – Se o seu pet costuma latir muito ou ficar agitado em determinados momentos, uma solução para treiná-lo é distrair a atenção dele, acalmá-lo e após isso recompensá-lo por acatar o silêncio.

Esses são apenas alguns comandos básicos, mas que já contribuem bastante para uma relação melhor entre o pet e seus tutores. Para aprendizagens mais complexas, é aconselhável a busca de auxílio de profissionais especializados.

Um cão educado é um cão mais feliz

Quando o cão fica apto a reconhecer e acatar comandos simples, isso facilita no dia a dia da família e ajudará a fortalecer os laços e permitir que o dog permaneça sempre por perto. Moldar os comportamentos indesejados a partir do adestramento faz com que a convivência seja mais feliz e saudável para os dois lados.

Além de que educar seu cão fará com que ele tenha um comportamento canino mais tranquilo e saudável, melhora o vínculo afetivo com sua família, aprimora a comunicação e compreensão entre vocês e também traz mais felicidade e bem-estar para todos da família.  

Pin It on Pinterest

Share This