Proporcionar uma grande variedade de brinquedos para o seu pet pode evitar que ele fique entediado ou até deprimido, desenvolvendo comportamentos como latidos ou choramingos em excesso, além de outras atividades com o intuito de chamar a atenção dos tutores. Por isso, nós elencamos algumas dicas sobre como e quais brinquedos para cachorro você pode disponibilizar para que o seu pet tenha um Natal dos mais divertidos. Olha só:

Brinquedos para cães que ficam dentro de casa

Os brinquedos para dentro de casa podem incentivar bom comportamento e evitar que seu cachorro passe a brincar com a sua mobília. Brinquedos de pelúcia ou de borracha podem ser excelentes opções e, caso você tenha um espaço maior dentro do lar, uma boa sugestão é investir em jogos, atividades e outras brincadeiras que além da diversão irão promover exercícios físicos para o seu pet.

Brinquedos para cachorro que proporcionam interação entre vocês não apenas eliminam a necessidade de petiscos o tempo todo, como também estimulam as atividades cerebrais do seu pet, mantendo-o ativo, saudável e feliz. Para deixar tudo ainda mais divertido e interessante, esconda alguns brinquedos pela casa para que ele os encontre sozinho.

Brinquedos para cães brincarem do lado de fora

Se o seu cachorro gostar de correr atrás de brinquedos e devolvê-los a você, considere um disco (frisbee) ou uma bolinha que ele possa perseguir, abocanhar e trazer de volta. Estas brincadeiras são especialmente indicadas para raças de cachorro mais ativas, que precisam gastar energia e se exercitarem constantemente.

Além disso, cachorros que gostam de água podem se divertir muito em tanques ou piscinas. Apenas se lembre de sempre acompanhar seu pet na hora da natação, ok?!

Brinquedos que limpam os dentes

pitbull-dog-with-rope-toy-picture-id1065787086

Existe uma série de brinquedos especialmente confeccionados para a saúde bucal do seu cachorro. Feitos com corda, nylon ou borracha, estes brinquedos podem satisfazer a necessidade de mastigação que seu cachorro tem enquanto auxiliam na limpeza dos dentes dele.

O ato de mastigar também auxilia a aliviar o estresse e o tédio. Lembre-se apenas de que os cuidados com a saúde bucal do cachorro não param por aí, e a escovação diária não pode e não deve ser substituída por brinquedos ou petiscos que ajudem na remoção da placa bacteriana. E nesse caso, também é muito importante se certificar de dar a eles apenas materiais moles, que não causem danos aos dentes do seu amiguinho peludo.

Aproveite para agendar uma consulta e checar se o seu pet precisa de tratamento periodontal, que é a limpeza dos dentes por meio de um aparelho de ultra-som e polimento. 

Brinquedos com petiscos

Cachorros amam petiscos, e foi pensando nisso que o mercado pet passou a disponibilizar diversos brinquedos que soltam esses alimentos enquanto o cachorro brinca com eles. É importante apenas que estes brinquedos sejam permitidos em curtos períodos e sempre sob a sua supervisão, para não correr o risco de o cachorro comer demais. E esses brinquedos também podem ser usados para os animais obesos, principalmente gatos, porque é um estímulo ao exercício.

Já escolheu o brinquedo ideal?

Sempre se certifique de escolher brinquedos adequados para a idade, peso e tamanho do seu cachorro, que não deve ter problemas para carregar o brinquedo na boca. Ou seja, não escolha brinquedos pequenos ou grandes demais para ele.

No quesito segurança, brinquedos para cães não podem ser pequenos demais a ponto de serem ingeridos ou inalados, e também não devem apresentar partes pontiagudas que possam causar acidentes. Lembre-se de substituir os brinquedos de cachorro a cada determinados intervalos de tempo, permitindo uma diversão segura e saudável ao seu pet.

 

Pin It on Pinterest

Share This
×