A otite é uma enfermidade bastante comum entre animais de estimação e, possivelmente, uma das causas que mais leva os pets para visitas ao veterinário. Mais comum em cães do que em gatos, esse é um problema recorrente que incomoda os animais e seus tutores. Otite é o nome dado às doenças provenientes de inflamações ou infecções no ouvido, ou aparelho auditivo. Pode acontecer de três formas diferentes: nas partes internas, médias ou externas do sistema auditivo.

Mas, como saber se o seu pet está com otite? Você saberia identificar os primeiros sintomas, ou prestar os primeiros socorros? Para te ajudar a entender como se comportar nessas situações, preparamos um artigo explicando como prevenir e tratar a doença.

Identificando a otite

Entre os principais sintomas que indicam a presença da otite em cães e gatos, podemos destacar a coceira excessiva, acompanhada de dores e indicativos de que o animal está sentindo desconforto (como ele chorar enquanto coça a orelha). A tentativa de esfregar o focinho no chão, exalar um cheiro desagradável das orelhas, balançar a cabeça e a presença de secreção no aparelho auditivo são outros fatores que devem ser observados.

No caso dos cães, ao perceber que eles estão andando com a cabeça inclinada para o lado, também é bom ficar atento para a possibilidade dele estar sofrendo com otite.

Como chegar ao diagnóstico certeiro?

A resposta para isso é simples: levando-o a um médico veterinário. Como tutor de pet é importante que você esteja atento aos sinais que seu amiguinho de quatro patas apresenta, sobre seu bem-estar e saúde. Mas é igualmente importante compreender que por mais amor e dedicação que você possa oferecer a ele, apenas um profissional qualificado saberá identificar apropriadamente as enfermidades e melhores tratamentos para o seu animal.

Além da consulta clínica, o veterinário poderá pedir também alguns exames citológicos e de culturas para compreender a totalidade da situação e dar procedência para o tratamento mais eficaz e indicado ao caso do seu pet.

Qual é o melhor tratamento?

Após diagnosticada a otite, o veterinário recomendará medicamentos específicos para combater a doença. O tratamento costuma ser feito a base de antibióticos junto com um remédio tópico (passado no local da inflamação) para promover a melhora do animal. Apenas veterinários qualificados podem receitar a medicação apropriada para cada caso e pet, por isso é imprescindível seguir as recomendações dele, caso contrário pode acontecer a reincidência da doença.

Existem casos em que o pet não responde ao tratamento pelos remédios e que é necessária a realização de procedimentos cirúrgicos para livrá-lo da infecção.

O que causa a otite?

As causas mais comuns da otite em cães e gatos são os fungos, bactérias, parasitas, alergias e produção excessiva de cera de ouvido. Para isso, é importante manter os bichinhos sempre limpos e em ambientes devidamente higienizados. Cuidado ao banhar seu pet, é muito importante lembrar: seque direitinho, pois pelos molhados são mais suscetíveis à propagação de bactérias e fungos.

Mesmo sendo uma doença que incomoda bastante o dia a dia do seu pet, quando recebe o tratamento adequado a otite não oferece grandes riscos de repercussão ou complicações. Fique atento aos sinais e na menor dúvida agende uma consulta com o Vet Plus e vamos trabalhar juntos pelo bem-estar do seu amigo peludo.  

Pin It on Pinterest

Share This