Apesar de provocar preocupação em muitas pessoas, a endoscopia tem uma fama injusta, já que é um exame indolor e extremamente útil para identificar diversos problemas de saúde. É claro que a ideia de inserir um tubo na garganta pode parecer assustadora, mas é o jeito mais natural e menos traumático de se analisar o interior de corpo. Basta pensar que é o mesmo caminho do sistema digestivo que é realizado por tudo o que engolimos.

Mas, para tranquilizar os tutores preocupados de pets que precisam realizar esse procedimento, nós vamos explicar detalhadamente como acontece o passo a passo da endoscopia e quais benefícios esse exame oferece para os nossos amiguinhos peludos.

O que é endoscopia?

Explicando mais detalhadamente, a endoscopia – também chamada de endoscopia digestiva alta e esofagogastroduodenoscopia – é um exame que consiste na introdução de um fino tubo através da boca do paciente, capaz de filmar e realizar outras funções, tais como realizar biópsia, colocar balão gástrico e sondas, retirar pólipos e corpos estranhos.

Este tubo, chamado de endoscópio, segue pelo esôfago até o estômago, permitindo a visualização destes órgãos e do duodeno, que corresponde ao início do intestino delgado. Este é um procedimento bastante simples, que não causa danos e nem é muito invasivo – porém, é realizado somente sob sedação.

A técnica tem muitos benefícios para o pet, seu tutor e o profissional. É simples, indolor, minimamente invasiva e permite uma recuperação rápida do paciente. Após finalizada a endoscopia, os cuidados necessários para a recuperação são mínimos.

A endoscopia pode ser realizada de duas formas:

endoscopia em pets

Conforme explica a Médica Veterinária, Dra. Anna Carolina, que atua aqui no Vet Plus:

“A Endoscopia Alta é mais usual por ser considerada diagnóstica e terapêutica, antecedendo e – por vezes – evitando procedimentos cirúrgicos mais invasivos. Enquanto que a Endoscopia Baixa é recomendada para a realização de diagnósticos devido a possibilidade de biópsia”.

Como esse procedimento é realizado em pets?

Primeiramente, o médico veterinário deve assegurar que o pet está em condições de ser submetido à uma anestesia, pois mesmo consistindo em um procedimento simples e seguro, a endoscopia pede que o animal seja anestesiado para a  intervenção.

Após a autorização médica, o pet entrará na sala de cirurgia, onde o tubo endotraqueal é inserido para permitir a respiração adequada durante a realização da endoscopia. Cuidadosamente o veterinário irá inserir o endoscópio pela boca do cão. A ponta do dispositivo é lubrificada para permitir um acesso mais fluído até o trato digestivo. A partir disso, a câmera localizada na ponta do endoscópio é usada para observar todas as paredes do sistema gastrointestinal.

Muitas vezes é necessário injetar uma boa quantidade de ar pela tubo, para permitir uma melhor visualização. No caso de encontrar um corpo estranho, o profissional poderá tentar a remoção com o endoscópio. Nesse sentido, é importante lembrar que muitas vezes nossos pets podem ingerir objetivos impróprios para a digestão e que podem ficar presos em seu organismo, no estômago ou intestino.

Ao finalizar esse processo, o veterinário irá sugar o excesso de ar da cavidade gastrointestinal e, então, remover delicadamente o endoscópio pela boca do pet, para evitar causar atritos e danos internos no paciente. Feito isso, basta esperar pelo resultado do exame, que demora entre três e sete dias para ficar pronto. Ah, o tempo de procedimento de uma endoscopia varia entre uma e três horas, e o paciente é acompanhado pelo anestesista durante todo esse período.

Quando realizar endoscopia em pets?

A endoscopia em pets é um procedimento recomendado em situações que pedem a confirmação de um diagnóstico já suspeitado pelo médico veterinário. Em um primeiro momento, o profissional pode solicitar uma endoscopia para compreender se existe e qual a amplitude de uma anormalidade no sistema digestivo. O estudo permite observar as membranas mucosas, além de coletar amostras ou massas anormais para a realização de uma biópsia.

Além disso, a endoscopia é geralmente aplicada como tratamento imediato ou, ainda, para evitar complicações de certas patologias.  

O procedimento também pode ser aplicado com as seguintes finalidades:

  • Colocação de tubos intestinais ou gástricos (alimentação enteral)
  • Remoção de corpos estranhos ou massas anômalas

Como acontece a recuperação?

A recuperação é um processo muito simples e natural. Como a endoscopia é um procedimento minimamente invasivo, o pet apenas acordará um pouco desorientado devido à anestesia, por isso é aconselhável mantê-lo calmo e deitado o máximo possível. E os pets também só são liberados após acordarem da anestesia, quando são avaliados novamente por um veterinário, para a checagem de todos os parâmetros necessários para certificar o bem-estar deles.

Ah, uma dica valiosa e essencial aos tutores é que precisamos segurar nossa empolgação de abraçá-los e acariciá-los muito freneticamente por um tempinho, pois isso é essencial para que ele se recupere rapidamente.

Não devemos alimentá-lo ou dar água ao animal logo após ele despertar. A região da garganta, esôfago, estômago e intestino estará sensível por algumas horas. Devido a essa sensibilidade especial, é importante oferecer água ao nosso amigo em pequenas quantidades apenas 30 minutos após ele recuperar a consciência. A comida poderá ser oferecida depois de três ou quatro horas, também em pequenas porções.

Ficou mais calmo?

Caso o seu amiguinho de quatro patas precisar de uma endoscopia, não precisa se alarmar pois não é o fim do mundo e nem se trata de um procedimento muito complexo. No entanto, lembre-se de sempre estar em dia com os exames de rotina do seu peludo, pois apenas com a avaliação de um profissional qualificado é que podemos ter certeza de quais desdobramentos dar para cada situação.
E por isso, lembre-se de sempre contar com o Vet Plus para oferecer conforto, cuidados e amor para o seu pet em quaisquer situações. Aproveite para agendar agora mesmo uma consulta. É online, rápido e fácil. Basta clicar aqui.

Pin It on Pinterest

Share This
×