Está chegando o inverno e, assim como nós, nossos pets também sofrem com o frio que acompanha essa estação. Filhotes, animais com pelagem mais curta ou tosada e idosos, são especialmente sensíveis ao frio, mas os peludos também merecem nossa atenção durante o inverno. Para garantir a saúde e bem-estar de seu animalzinho nessa época, são necessários alguns cuidados especiais.

Nesse texto, vamos dar algumas dicas para acertar na hora de agasalhar e proteger seu pet do frio. Temos certeza que seu melhor amigo ficará muito grato por esses cuidados para mantê-lo quentinho e saudável!

Como identificar se seu pet está sentindo frio? 🥶

O primeiro passo para cuidar de seu cão ou gato durante o inverno é entender quando ele está sentindo frio. É possível observar mudanças no comportamento dos pets, que buscam lugares mais escondidos e abrigados para ficar. Eles também costumam permanecer em posições mais encolhidas e podem ocorrer tremores pelo seu corpo. Além disso, patas, focinho e orelhas gelados, assim como movimentos mais lentos, também são sinais de que o animalzinho está sentindo os efeitos da baixa temperatura.

Não esqueça de vacinar seu pet contra a gripe 💉

Assim como nós humanos, nossos cães também estão sujeitos a ter gripe, principalmente durante o inverno, quando os ambientes permanecem mais fechados e a imunidade costuma baixar. Por conta disso, é muito importante manter a vacinação contra a gripe canina em dia. Esse tipo doença, além de ser transmissível entre os pets, também pode desencadear quadros graves de saúde, principalmente em animais mais idosos ou com outras condições de saúde prévias. Você pode agendar a vacinação para seu pet online pelo próprio site da VetPlus.

Mantenha os ambientes aquecidos 🥰

Nessa época de frio, é muito importante manter os ambientes em que seu animal de estimação costuma ficar aquecidos e aconchegantes. Algumas medidas simples como fechar portas e janelas para evitar o fluxo de ar frio, espalhar mantas ou cobertores pelos locais em que eles gostam de ficar deitados e disponibilizar uma caminha já garantem um maior bem-estar para o animalzinho. Caso seu pet durma na parte externa da casa, escolha um local em que não passem correntes de ar e onde ele possa se abrigar da chuva. Se possível, também disponibilize um espaço dentro da casa, garantindo a proteção do animalzinho nas madrugadas frias da estação.

Além disso, as camas no estilo toca, principalmente para os gatinhos, podem ser uma  ótima opção para deixá-los confortáveis na estação. Elas também passam uma sensação de segurança para os felinos.

Escolha os melhores horários para passear com seu pet 🐾

Enquanto no verão o começo da manhã e o fim da tarde são os horários mais gostosos para levar seu pet para um passeio, no inverno a situação se inverte, fazendo com que esses sejam os piores horários por conta do frio, da umidade e, eventualmente, das geadas e neblina. Portanto, para garantir caminhadas agradáveis durante a estação mais fria, o ideal é levar seu melhor amigo para passear entre o final da manhã e meio da tarde, que são os horários mais quentes e ensolarados.

Atenção na hora do banho! 🛁

No inverno a hora do banho fica mais difícil para todos nós. Conhecemos bem a sensação de ter que sair da água quentinha e sentir o ar gélido do banheiro. Apesar da pelagem, nossos pets também se sentem assim. Por isso, durante o inverno, o cuidado na hora do banho de seu animal de estimação deve ser redobrado, para evitar desconfortos e até mesmo doenças. Deve-se utilizar água morna, manter o local do banho aquecido e escolher os dias e horários mais quentes. Além disso, é importante secar bem a pelagem molhada. Se possível, o ideal é levar seu pet em locais especializados, onde profissionais poderão garantir um banho mais seguro, principalmente durante essa época fria.

Como agasalhar seu pet com a roupa certa? 🧣

As roupinhas também são grandes aliadas na hora de proteger seu animalzinho do frio, principalmente se ele tiver uma pelagem curta. Mas para que eles fiquem confortáveis é imprescindível prestar atenção em alguns detalhes:

  • O tamanho da roupinha deve ser ideal para que não limite ou atrapalhe os movimentos de seu pet;
  • Para evitar alergias, preste atenção no tipo de tecido. Prefira roupas feitas de algodão, malha, flanela, manta acrílica ou plush;
  • Evite roupinhas com babados, brilhos e outros enfeites que podem causar incômodos ou irritação nos pets;
  • Mantenha as roupinhas sempre limpas e secas;
  • Para evitar nós na pelagem, lembre-se de sempre escovar seu pet antes de vesti-lo.

 

Além disso, é muito importante prestar atenção no comportamento de seu animal de estimação depois de vesti-lo. Caso perceba sinais de estresse ou desconforto, como por exemplo o pet tentar arrancar a roupa, isso pode indicar que ele não se adaptou à vestimenta. Também fique atento para que o animal não superaqueça por conta da roupinha, podendo desencadear um quadro de hipertermia.

Para aqueles animaizinhos que não se adaptam a nenhum tipo de roupa, os cuidados para manter o ambiente aquecido devem ser redobrados e os passeios devem ser deixados sempre para os horários mais quentes.

Lembramos ainda que há muitos animaizinhos que vivem na rua e também precisam de atenção especial nessa época. Portanto, quando possível, dê abrigo, comida ou até mesmo cobertores e roupinhas para esses animais. Você também pode entrar em contato com ONGs locais e descobrir outras formas de colaborar com essa causa. Todos os animais merecem amor e cuidado.

Por fim, esperamos que com essas dicas você e seu pet possam passar um inverno tranquilo e aconchegante! 

Visite nosso blog e descubra mais dicas de cuidados para manter seu pet sempre feliz e saudável. 

Pin It on Pinterest

Share This